sábado, 8 de novembro de 2014

GP Taça da China 2014 - Homens (Final)

No dia 08-11-2014 decorreu em Xangai o programa livre dos homens na Taça da China 2014.


RESULTADO FINAL
1.ºMaxim Kovtun
Rússia
243.34pts
2.ºYuzuru Hanyu
Japão
237.55pts
3.ºRichard Dornbush
EUA
226.73pts
4.ºNam Nguyen
Canadá
221.85pts
5.ºMisha Ge
Uzbequistão
219.28pts
6.ºHan Yan
China
206.65pts
7.ºAlexei Bychenko
Israel
204.15pts
8.ºKeiji Tanaka
Japão
189.26pts
9.ºJin Seo Kim
Coreia do Sul
183.46pts
10.ºYuhang Guan
China
177.66pts
11.ºYi Wang
China
160.92pts


COMPARANDO OS MELHORES CLASSIFICADOS


A) Elementos Técnicos



PATINADOR

SALTOS

PEÕES

SEQ. PASSOS

SEQ.

COREO

Kovtun

58.63

8.58

5.10

2.70

Hanyu

59.41

9.44

4.23

2.50

Dornbush

54.19

10.85

4.30

2.80

Nguyen

65.06

9.02

3.66

2.60



B) Componentes




PATINADOR

SS

TR

PE

CC

INT

Kovtun

8.39

8.04

8.32

8.54

8.39

Hanyu

8.46

8.29

8.04

8.68

8.54

Dornbush

7.86

7.61

7.89

7.89

7.93

Nguyen

6.75

6.61

7.04

7.00

6.93



C) Comentário
Yuzuru Hanyu, actual campeão olímpico e mundial, era o grande favorito à vitória final, apesar de ter tido alguns percalços no programa curto. O resultado desta competição fica marcado por uma colisão que ocorreu durante o aquecimento que o último grupo realizou no gelo antes do programa livre. Estavam em pista os patinadores Kovtun, Dornbush, Nguyen, Yan e Hanyu. A certa altura Yan e Hanyu iam ambos a patinar de costas e colidiram um com o outro conforme podem ver no vídeo em baixo. Ambos necessitaram de receber algum tratamento médico e durante alguns minutos pensou-se que eles teriam de desistir da competição. Foi uma surpresa constatar que os dois patinadores se apresentaram no programa livre à mesma. Yan ficou um pouco ferido no queixo mas estava mais combalido no peito e costelas devido à colisão. Hanyu parece que ficou em pior estado: para além de se ter magoado no queixo ele bateu com a cabeça no gelo e foi necessário estancar o sangue. 
Devido a essa situação o juiz-árbitro deu o sinal para que todos os outros patinadores saíssem da pista para que Yan e Hanyu pudessem ser assistidos. Quando o aquecimento foi retomado, Yan não apareceu e aí circulou a informação incorrecta de que ele tinha desistido mesmo. 
Hanyu conseguiu segurar a medalha de prata apesar de ter sofrido cinco quedas durante o programa livre. O que o beneficiou foi o facto de o valor base do programa dele ser altíssimo (81.66 pontos), o que lhe permitiu ter margem de manobra para se segurar na nota técnica. Em sequência das cinco quedas, esta patinador foi penalizado com cinco pontos de dedução. Cinco dos elementos de saltos no programa foram penalizados com grau de execução negativo. Após concluir o seu programa livre, Hanyu parecia estar completamente estafado. Foi uma performance muito corajosa. Uma questão que se pode levantar neste caso é se Hanyu devia ter sido impedido de continuar em prova após ter batido com a cabeça. Brian Orser declarou à imprensa que só o autorizou a patinar porque Hanyu não parecia ter sofrido um traumatismo craniano. No entanto, é sempre um risco até porque tanto os saltos como os peões exigem muito da cervical, colocam pressão no pescoço e as rotações tão rápidas podem causar danos se a pessoa não estiver bem. Na edição da Taça da China em 2012, Nan Song e Adam Rippon colidiram na sessão de aquecimento antes do programa livre e Song ficou mal tratado, tendo vindo a ser-lhe diagnosticado um traumatismo craniano que teve implicações em toda a sua época restante pois durante algum tempo tinha vómitos cada vez que fazia um peão e custava-lhe a "centrar a visão" depois dos saltos. Não é brincadeira...
Yuzuru Hanyu

Han Yan foi terceiro no programa curto mas apenas foi sétimo no livre devido às mazelas que a colisão lhe deixou. Yan não tem o mesmo arsenal técnico de Hanyu e como tal os seus erros foram mais penalizadores na nota final. 
No meio de tudo isto o russo Maxim Kovtun acabou por vencer a medalha de ouro mas sem ter estado a 100%. Kovtun não viu a colisão mas apercebeu-se de que Yan e Hanyu tinham tido algum problema. Mais tarde, na conferência de imprensa, Kovtun revelou que ficou preocupado de ver os outros dois atletas naquele estado e talvez isso o tenha afectado emocionalmente pois só desejava que a prova terminasse o mais rapidamente possível para se poder ir embora. Kovtun explicou que a interrupção no aquecimento teve um impacto negativo nele e que ficou com a sentir uma sensação de dormência nos pés. O programa livre de Kovtun é ambicioso mas ele apenas conseguiu uma execução mediana dos elementos que fez. A sua nota de partida foi de 74.82 e a nota técnica definitiva foi de 75.02. No entanto, penso que não dúvidas sobre a justiça da sua vitória. 
Richard Dornbush teve uma oportunidade de ouro para ficar ainda mais bem classificado mas acabou por desperdiçá-la. O início do seu programa livre foi fantástico com a execução de um quadruplo toe loop, um triplo axel, um triplo lutz e uma combinação de triplo axel com triplo toe loop. Mas depois de ter comitido um erro no triplo lutz, parece que Dornbush se desconcentrou acabando por desperdiçar pontos no triplo flip, no salchow e no loop. 
Não posso deixar de mencionar o atleta Misha Ge do Uzbequistão. O seu programa livre foi fantástico apesar de ele nem sequer tentar executar um salto quadruplo. Artisticamente Ge é dos patinadores mais completos do circuito internacional. É daqueles atletas raros que é capaz de nos deixar ficar com uma lágrima ao canto do olho por causa da emoção que causa com  a sua prestação. Bravo Misha. Para mim, em termos de apresentação foi o melhor programa livre da prova. E saliento também que Misha foi terceiro no programa livre. 





VIDEOS


Colisão entre Hanyu e Han
video


Kovtun

Hanyu

Dornbush

Nguyen

Ge

Yan

Bychenko

Tanaka

Kim

Guan

Wang



Sem comentários:

Enviar um comentário